Jovem piloto pode roubar vaga de Kimi

Ir em baixo

Jovem piloto pode roubar vaga de Kimi

Mensagem por El Mito' em Qui Ago 15, 2013 1:43 pm


O fato de estar disputando acirradamente uma vaga na RBR com o Campeão Mundial Kimi Raikkonen, já diz muito sobre as qualidades de Daniel Ricciardo na Fórmula 1. O site “GPUpdate” entrevistou o jovem australiano e, conquistando ou não o direito de correr ao lado de Sebastian Vettel, é hora de conhecê-lo um pouco mais.
Ao redor das caras sérias no paddock da F1, Ricciardo permanece sempre sorridente. Ao olhar para a cara do piloto de 24 anos, é possível ver que ele se diverte um pouco mais do que os demais no esporte. Mesmo após um dia difícil, ele sorri de orelha a orelha durante as entrevistas, enquanto os outros relutam em responder perguntas sobre o desempenho atrás do volante.
-Liberdade e felicidade. A minha primeira vez foi no Kart. Meu pai me incentivou para começar e logo depois eu não saía mais da pista. É liberdade porque é paixão e a felicidade é consequência disso – afirma Ricciardo, lembrando-se de como entrou no automobilismo.
O piloto progrediu e cavou uma vaga na Fórmula Ford australiana e Fórmula BMW Ásia, onde começou a jornada pelos monopostos.
-A primeira vez que eu entrei em um monoposto, eu estava um pouco nervoso. Sempre achei que conseguiria enxergar mais. Quando se entra no carro é a visão é mínima. Eu queria ficar mais alto, mas os engenheiros me disseram que a sensação era normal – brinca ao lembrar do episódio.

Em 2007, Ricciardo se mudou para a Europa e começou a competir na Fórmula Renault 2.0 e, no ano seguinte, venceu a Taça do Oeste Europeu (WEC). Daniel progrediu para a Fórmula 3 e começou a competir pela Carlin. Com uma campanha dominante, conquistou o título com 87 pontos de vantagem. Em seguida, foi correr na Fórmula Renault 3.5 e teve um dos melhores momentos no automobilismo. "Era um sonho virando realidade. É óbvio que todos falam isso, mas é verdade" - Daniel Ricciardo
-Vencer em Mônaco por duas vezes no World Series é algo gostoso de lembrar. Também tive uma disputa emocionante com Valtteri Bottas (atual piloto da Williams) em Silverstone, em 2008, durante uma etapa da FRenault 2.0. Essa foi minha melhor prova nas categorias de base – afirma.
A ida para a Fórmula 1 chegou de repente, em 2011. O australiano assumiu o lugar de Narain Karthikeyan na equipe HRT no meio da temporada.
-Era um sonho virando realidade. É óbvio que todos falam isso, mas é verdade. O sentimento é surreal. Assisto à Fórmula 1 desde que tinha dois anos e a F-1 ficava em um pedestal para mim. Após algum tempo no esporte, você precisa voltar à realidade e parar de sonhar, mas o primeiro momento foi realmente único.

Após ter participado do teste de jovens pilotos pela RBR em Silverstone, em julho, Ricciardo não foge das perguntas sobre a possibilidade de se juntar à equipe atual campeã do mundo.
-Já ouvi falar bastante sobre esse assunto, mas é algo que não posso ficar pensando até que de fato aconteça. Este ano é fundamental para a minha carreira - completa

Daniel Ricciardo pilota pela primeira vez a RB9 (Foto: Getty Images)

globoesporte.com
avatar
El Mito'
Membro
Membro

Mensagens : 294
Data de inscrição : 31/05/2013
Localização : Registro, SP

Ver perfil do usuário http://www.league-brasfoot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum